Veja 5 técnicas de armazenagem para a logística da sua empresa

As técnicas de armazenagem são um conjunto de procedimentos efetuados em um estabelecimento. O objetivo é otimizar o uso do espaço físico e a agilidade de movimentação dos itens armazenados.

Para a empresa, esses métodos permitem maior facilidade de movimentação, melhor uso do espaço de armazenagem e mais praticidade na estocagem dos produtos. Consequentemente, é possível reduzir desperdícios tanto de tempo como de área, além de diminuir custos e, assim, melhorar a lucratividade. 

Quer saber mais sobre o assunto? No post de hoje, apresentamos as 5 principais técnicas de armazenagem que sua empresa pode utilizar para ter essas vantagens. Continue a leitura!

Paletização

É a técnica na qual os matérias são empilhados. Isso pode ser feito de diferentes formas, de acordo com a necessidade.

  • Empilhamento em blocos: um produto sobre o outro no piso do estoque.
  • Estantes comuns: armazena produtos unitários, sem uso de paletes.
  • Gôndolas: armazenamento e exposição de produtos em farmácias, mercados etc.
  • Estruturas porta-paletes: uso de uma grande estante para sustentação vertical de paletes.
  • Push-back: estante com trilhos, em que é possível retirar os paletes através de deslizamento.
  • Cantilever: estantes com estrutura para suportar materiais de grandes dimensões.

Endereçamento de estoque

Visando alocar e localizar os produtos dentro de um armazém com uma maneira rápida de rastreamento, o endereçamento de estoque é uma técnica bastante simples. Assim como é feito em nossas residências, a técnica usa ruas, números e andares para dar endereços fixos às estantes em que será feito o posicionamento dos produtos. 

O endereçamento de estoque é facilmente compreendido pelos colaboradores ou por qualquer outra pessoa que ande pelo estabelecimento. Entretanto, é recomendável não fazer uso de letras para a nomeação do endereço! Isso pode confundir, pois é mais difícil para nossas mentes associar letras a uma localização. Além do mais, o uso de números é mais compatível com a identificação em código de barras.

Armazenamento de produtos químicos

O armazenamento de produtos químicos é tão arriscado que exige procedimentos diferenciados, descritos através de normas — como, por exemplo, a NBR 7502 sobre transporte de cargas perigosas. A regulamentação visa aumentar a segurança do trabalhador no trato diário com produtos químicos em diferentes condições, como iluminação, sinalização, ventilação e modo de armazenagem.

É exigido que o imóvel de um armazém de produtos químicos possua janelas, sistema de exaustão, refrigeração, lâmpadas à prova de explosões e saídas de emergência. Além disso, o espaço deve contar com extintores e resistentes estantes porta-paletes.

Método FIFO de controle de estoque

O método mais utilizado no país é o FIFO, sigla em inglês para First in, first out, cuja definição é de que o primeiro produto a entrar no galpão de estoque deve ser o primeiro a sair.

Isso evita a perda por vencimento. Além dessa vantagem, há várias outras relacionadas ao método!

  • Mais rapidez por conta da facilidade de localização, separação e circulação de materiais.
  • Menor chance de que mercadorias com datas de vencimento curtas e/ou próximas estraguem em decorrência de erros de distribuição.
  • Redução de custos através da diminuição do tamanho do estoque, pois não há mais necessidade de grande depósitos.
  • Informação do preço de custo real de cada produto, facilitando na precificação de venda.
  • Compatibilidade na avaliação do estoque — a Receita Federal usa o FIFO para avaliar a armazenagem das empresas e o cálculo dos tributos.

As técnicas de armazenagem devem ser adotadas conforme o ramo de cada empresa e o time de produto. Elas ainda relacionam-se com a estrutura física da edificação, como o nivelamento do piso para facilitar tráfego e condições naturais de iluminação para reduzir desperdício de energia elétrica.

Gostou de entender as diferentes maneiras de armazenar seu estoque? Agora, aproveite para se aprofundar ainda mais no assunto com nosso post sobre como os diferentes tipos de galpão de armazenamento podem afetar o seu negócio!